quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Mais que plantonista

Como alguns leitores sabem, trabalho na Câmara Municipal de Mairinque assessorando a Vereadora Déia. Quando assumi o cargo (janeiro de 2009) ouvi muita gente falar que o serviço seria moleza, seria uma mamata, trabalhar pouco e ganhar muito. Evidente que emprego assim todo mundo quer. Ledo engano!!!

Quem trabalha com assessoria tem que se moldar à maneira de trabalhar do assessorado. Há aqueles que não trabalham tanto, mas um grupo que está crescendo na política brasileira trabalha bastante.

Não quero jogar confetes, mas acreditem, este que vos escreve está em um ritmo acelerado desde o ano passado. Minha chefe, procura fazer de seu mandato um ato corrente de melhorar nossa cidade, trabalho árduo e lento, mas alguém tem q fazer. Como diria o ditado: “pássaro só, não faz verão”, precisamos contar com pares em idéias e ações.

Ontem, 31/08/2010, mais uma vez passei do horário conhecido como “expediente”. Ao todo fiquei na Câmara 14hs30 (entrei às 08h e saí 22h30), muitas vezes 12hs de gabinete é praxe. Não irei usar de jargões: “trabalho em prol do povo”, “buscando o desenvolvimento da cidade”... Acredito que nossos feitos terão suas conseqüências lá na frente, e de diversas maneiras.

Sendo assim, tudo que se faz tem suas recompensas num futuro breve ou distante, mas elas sempre nos encontrarão. Por vezes nos vemos em momentos de raiva, preguiça, canseira, a que devemos nos apegar para não cairmos em desânimo, desmotivação, etc.?

No meu caso...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado